quinta-feira, outubro 31, 2013


Eu a fazedora de capas!

2
Olá meu povo!
Aqui as artes estão escassas não tenho mais o ritmo de antes, conciliar 2 empregos, karatê, 2 filhos, casa, marido, artesanato e estudo não é fácil. 
Mas quando surgi uma encomenda sempre pego, porque amo ser artista e adoro ver a alegria nos olhos dos meus clientes.
As últimas encomendas que peguei foram de capas de caderno. Vem ver!
  • Caderno Angry Birds, foram 30 no total. Foram as lembranças de uma aniversário de 11 anos de uma gatinha da família, pena que na correria esqueci de tirar fotos de todos. Fiz também na versão menina, com laço e corações (muito love kkkk) todos foram acompanhados de ponteira simples estilingue.





  • Caderno Princesa Leandra, fiz para uma amiga de serviço, ela é chique e ama rosa!




  • Caderno Menina by Pedrita, fiz para um rapaz apaixonado presentear sua amada no niver de namoro. Me diz se tem coisa mais fofa?


Uso sempre com caderno base esses cadernos capa dura, versão pequena ou grande!




 ***Beijus, saúde e sucesso***


Já está participando do sorteio da mini árvore natalina aqui do blog? Clica AQUI e participe!




quarta-feira, outubro 30, 2013


Alcoolismo: um problema grave

1



Olá queridos!
Vinha ensaiando esse post há tempos.
Sempre me vinha a vontade de falar, mas deixava pra lá e esquecia.
Hoje acordei pela manhã e vi que o jornal local  iria abordar o tema.
Posso garantir a vocês que esse é um assunto que me interessa bastante tanto por conta de problemas pessoais como também por conta do meu serviço da tarde (trabalho com moradores de rua e grande parte deles é dependente química).
Não sou especialista no assunto, longe disso, mas convivo com esse problema na minha família e sei bem como é difícil. É uma luta constante pelo controle, pela sobriedade. É cansativo, é desgastante. As vezes temos vontade de largar tudo, mas enfim...
É importante que nós saibamos  antes de mais nada que o alcoolismo é uma doença, não se trata de sem-vergonhice, irresponsabilidade. Talvez esse seja o principal problema, entender que aquele ser tem uma doença e que essa doença é simples aos olhos de quem tem controle. Além do mais é uma doença sem cura, não existe um existe ex-alcoólico e sim um alcoólico em recuperação.
Já bebi bastante na vida, pra mim hoje é bem estranho beber, comecei a beber criança (12 anos). Depois que tive os meninos fui reduzindo e já faz um bom tempo que parei. Não sou contra quem bebe, de forma alguma, mas por conta do meu problema familiar resolvi parar, foi a forma que achei para ajudar.
Posso confessar que essa luta é bem sofrida, não sei se alguém que ler esse blog passa ou já passou por um problema assim, mas como disse ontem quero falar e esse era uma tema que adiava bastante.
Já ouvi inúmeras histórias dos meus usuários retratando dos problemas com álcool, nas ruas ele sempre é o canal de entrada para as outras drogas, já ouvi um senhor que perder tudo, casa, emprego, família e principalmente sua dignidade.
Então vou contar aqui um pouco da história que aconteceu aqui na minha família, escrevi esse texto para uma amiga querida falando do meu problema, e ela muita fofa guardou segredo. Hoje resolvi falar um pouquinho.
E começa assim:
A pessoa que sofre com esse problema na minha família é maravilhosa,  mas não sabia beber, um gole era o estopim para uma tragédia anunciada.
Posso dizer que isso é problema tão sério que só quem já passou sabe da gravidade! 
Vê uma pessoa querida se deixando  entregar para uma droga tão destrutiva, é muito ruim e eu não aceitava, apesar de beber nunca tive problemas com a bebida, sempre soube a hora de começar e parar, já quem é dependente não tem essa noção e assim a pessoa  vai se afundando, e claro que isso nos leva junto, cheguei ao fundo do poço também. Sofri e não desejoso esse sofrimento para ninguém!
Apesar da bebida a pessoa sempre nos respeitou e nos amou, e isso foi o que nos manteve fiel a seu lado, nunca fora violento e lutou para vencer o vício. 
Para nós os finais de semana eram os dias mais tristes das nossas vidas, pois sabíamos que em um desses dias ele iria escolher par beber, gente não digo tomar 2 cervejas..era tomar até cair! 
Era horrível e nós mudávamos, mudávamos com o mundo, ficávamos estressados e EU me tornei uma mulher diferente, alheia ao mundo e desgostosa!  Envelheci 10 anos em 2, e isso me fez muito mal.
O primeiro tratamento (com psicólogos) foi bom no começo, 6 meses sem beber, uma vitória, mas não houve continuidade e o vicio voltou, e voltou com tudo. Foi crise financeira, desespero, acidente de carro, enfim o caos estava instalado.
Hoje a ajuda vem do AA , ver uma reunião do AA na novela das oito foi bom e meu deixou bem feliz em saber que estão retratando como acontece, o medo, a vergonha, o fato de não se aceitar como AA, vi também a figura do Padrinho, que no AA nada mais é do que aquele anjo que estará sempre disposto a te ajudar a qualquer hora ou lugar. 
E hoje queridos a batalha é diária e a vida é vivida a cada dia. Todo dia é novo recomeço e só por hoje ELE não vai beber! Aqui com lágrimas nos olhos tento não lembrar muito das coisas ruins que vivemos e sim das alegrias que estamos tento hoje.
E quanto ao AA, as reuniões são diárias e existe em todo lugar. O objetivo principal do grupo é evitar que o alcoólico dê o primeiro gole. Se quiser saber mais visite http://www.alcoolicosanonimos.org.br


***Beijus, saúde e sucesso***


terça-feira, outubro 29, 2013


E voltei com novidades, novos assuntos e com sorteio descomplicado!

28
Olá queridas!!!

Estou começando uma nova fase por aqui, vou transformar o blog em um diário.
Quero falar, preciso conversar e nada melhor do que falar aqui, assim registro e posso ler quando der na telha.
Estou com a cabeça a mil e comecei a modificar algumas coisas, mudar é sempre bom, e mudar com qualidade de vida é melhor ainda.
Criei coragem e comecei novamente minha reeducação alimentar, preciso emagrecer. Quero eliminar alguns quilos que não me pertencem e vou registrar aqui tudinho, porque sei como é difícil começar e pode ter uma amiga ai do lado precisando de um empurrão, né mesmo colega?
Quero mudar de emprego, voltei a estudar para os concursos, sou funcionária do estado e do município, mas não sou efetiva, a instabilidade mexe comigo e quero e vou passar em algo. Estou estudando em casa, com algumas apostilas, nada muito rígido, sei que muitas assim como eu tem esse sonho e quem sabe unindo forças não alcançados mais essa meta, não custa nada tentar e o conhecimento que vamos adquirindo iremos usando na vida também!
Vou organizar minha casinha bem no estilo FAÇA VC MESMA e claro vou contando tudo aqui.
Não irei esquecer de postar as artes, as minhas e as dos meus usuários (moradores de rua). Ministro oficinas a tarde, já comentei e mostrei AQUI
Vou mostrar também minhas receitas.
Enfim vou mostrar minha vidinha mais ou menos rs Bem Coisas de Lauisa!
Para marcar essa nova fase e movimentar esse cantinho eis que surgiu uma baita vontade de presentear você. E claro que não posso passar vontade.

Sorteio simples, descomplicado.
O prêmio será uma mini árvore natalina. Está na hora de começar nossa decoração de natal não é mesmo? Ela mede menos de 30 cm e é feita em pacth embutido. Sou suspeita, mas é um charme!



Regra:
Deixar um comentário com nome, e-mail e cidade. 
Inscrições: até o dia 29 de novembro.
Ter endereço de entrega aqui no Brasil.
O sorteio será dia 30 de novembro pelo tradicional método do papelzinho, com participação dos filhotes!
Não precisa ser seguidor ok? caso queria seguir ficarei muito grata.

Bora meu povo.

****Beijus, saúde e sucesso****


sexta-feira, outubro 04, 2013


Meu filhote - Campeão Brasileiro de Karatê

4
Olá meu povo!
Eita que fazia tempo que não vinha aqui.
Precisava contar pra vocês que Luis (meu filho menor) foi à Bahia e trouxe ouro no Campeonato  Brasileiro de Karatê.
Fomos eu, Paulo (filho maior), Luis, minha mãe e meu pai, maridex ficou dessa vez. A viagem foi bem legal, pude visitar minha irmã que está morando em Salvador e matar a saudade do meu sobrinho Léo.
Como sempre estou na correria do trabalho, casa, karatê e artesanato. os dois empregos estamos em processo de reorganização e tem demandado bastante tempo e muito trabalho.
Peguei uma encomenda, finalizo esse findi e mostro aqui na segunda.
Sinto falta de estar ativar no blog, participando das BC, fazendo as visitas, comentando, interagindo, mas o tempo está curto. Não me cobro e sei que assim que sair da turbulência volto com tudo.
Deixo um pouquinho da Bahia pra vcs!


















Beijus, saúde e sucesso